Esta opção irá voltar ao original a home e restaurar todos os widgets e categorias fechados.

Reset

Sport Club Corinthians Paulista – Estádio

fazendinha

Parque São Jorge

Fundado no Bom Retiro, o Corinthians passou os primeiros anos de sua história jogando no campo de terra da rua José Paulino e, depois, no Floresta, na Ponte Grande (um terreno doado pela prefeitura em 1918 e transformado em estádio pelo suor do trabalho dos próprios jogadores e dirigentes do clube). A mudança para a Fazendinha só se deu em 1926.

A área situada às margens do Rio Tietê pertencia ao E.C. Sírio e foi comprada pelo presidente Ernesto Cassano, por 750 contos de réis, pagos em prestações por um período de dez anos. O presidente Alfredo Schurig promoveu numerosas melhorias no campo, construiu arquibancadas e batizou com seu próprio nome a nova casa do Corinthians.

O estádio ainda sem ter iluminação, foi inaugurado em 22 de julho de 1928, num jogo amistoso contra o América Carioca. A partida terminou empatada em 2 a 2 e foi vista por 2 mil pessoas, capacidade máxima do estádio na época. Os dois gols Corinthianos foram marcados por De Maria, sendo o primeiro deles aos 29 segundos do primeiro tempo. O sistema de iluminação do estádio foi inaugurado a 25 de fevereiro de 1961, numa noite de gala do Corinthians, que derrotou o Flamengo do Rio por 7 a 2.

O Parque São Jorge compreende ainda, em uma área construída de 158 mil metros quadrados, diversas quadras poliesportivas, dois ginásios, restaurante panorâmico, a sede social e administrativa e um dos maiores parques aquáticos do País.

Visão geral do Clube

Ginásio Poliesportivo